quinta-feira, 31 de março de 2011

Friday é o vídeo mais reprovado do YouTube

Friday é o vídeo mais reprovado do YouTube
Vídeo da cantora Rebecca Black recebeu 1,2 milhão de votos negativos no site


SÃO PAULO - O vídeo da música "Friday", da cantora teen Rebecca Black, assumiu a posição de vídeo mais “não curtido” do site de vídeos.


O clipe da canção, que celebra a chegada da sexta-feira, recebeu 1,2 milhão de votos negativos contra apenas 147 mil votos positivos.

“Friday” desbanca até “Baby ft. Ludacris”, do astroteen Justin Bieber. O vídeo do cantor já recebeu 1,16 milhão de votos negativos contra 583 mil votos positivos. Por outro lado, “Baby” é o vídeo mais visto da história do YouTube, com 502 milhões de visualizações. Percentualmente, o vídeo de Rebecca é reprovado por 1,88% das pessoas que o assistem enquanto o de Bieber desagrada apenas a 0,23% de seus espectadores.


Apesar dos votos de reprovação, o vídeo de Rebecca continua a ascender geometricamente no site. No último dia 18, o clipe possuía 15 milhões de visualizações. No dia 23, eram 37 milhões. Hoje, já são 65 milhões. O vídeo foi publicado no dia 10 de fevereiro.


Lenovo renova notebooks com Sandy Bridge



A Lenovo levará os processadores com arquitetura Sandy Bridge para mais dois notebooks de sua linha. O ThinkPad T420s e o W520 chegarão às lojas renovados pela CPU e por outros itens da configuração.
O T420s terá processador Core i5 com frequência de 2,5 GHz e cache L3 de 3 MB. A CPU vem pareada com uma memória RAM DDR3 de 2 GB com clock de 1.333 MHz. A placa de vídeo é uma Intel HD 3000 integrada.

A tela do portátil tem 14 polegadas, retroiluminação por LED e resolução de 1600 x 900 pixels. O HD é de 250 GB. Ele vem com o Windows 7 Home Premium. As conexões do aparelho são Wi-Fi n, Bluetooth, Gigabit Ethernet e três portas USB 3.0.

O W520 tem configuração similar. O processador é um Core i7 de 2,7 GHz com cache L3 de 4 MB pareado com memória RAM DDR3 de 4 GB com frequência de 1.333 MHz. Além da placa de vídeo integrada Intel HD 3000, o portátil tem uma GPU Nvidia Quadro de 2 GB.

A resolução do aparelho é de 1366 x 768 pixels numa tela de 15,6 polegadas com retroiluminação por LED. O HD é de 320 GB e as conexões são as mesmas do T420s, assim como a versão do Windows 7.
Os dois novos modelos chegam aos Estados Unidos na próxima semana. O T420s custará 1.199 dólares e o W520 custará 1.449 dólares. O preço muda de acordo com a configuração dos notebooks, que pode variar de acordo com o pedido.

MacBook Pro com Sandy Bridge



Os novos MacBook Pro chegaram ao Brasil.

Os modelos são de 13 e 15 polegadas. As novidades em relação aos seus antecessores não são tão radicais, mas são bem importantes.

A mais falada entre elas foi a implementação, ainda que tardia, dos processadores Intel Core, além da nova porta da maçã, a Thunderbolt, que vem acompanhando as portas Gigabit Ethernet, FireWire 800, algumas USB 2.0 e o slot para cartão SD.

O modelo de 15 polegadas, tecnicamente mais potente do que o de 13″ que também está nos visitando, chegou com um processador Intel Core i7 Sandy Bridge, com quatro núcleos de 2 GHz. São 4 GB de RAM 1333 GHz e um HD de 500 GB.

Na nova linha, a partir do modelo mais básico de 15″ para cima, o processamento gráfico é realizado de forma híbrida: além do processamento integrado ao chipset da Intel, os MacBook Pro também são equipados com placas AMD Radeon. No modelo de 15″ da foto, a placa é uma AMD Radeon HD 6490M de 256 MB.


Os preços, sempre salgados, variam de 3599 reais, para o modelo mais básico de 13 polegadas, até 9199 reais, para o modelo de 17″, com i7 de 2,2 GHz, 750 GB de HD e uma placa AMD Radeon HD 6750M com GDDR5 de 1 GB.

Google Maps esquece de renovar licença na China

Google Maps esquece de renovar licença na China
Período para pedido de licença vence amanhã; governo chinês diz que ainda não recebeu formulário


SÃO PAULO - Mais uma vez, Google e China travam uma queda de braço pela manutenção – ou não - de um serviço da empresa no país com o maior número de usuários do planeta. Desta vez, a disputa parece mais um imbróglio do que um desentendimento, diferente de episódios anteriores.


Até ontem, o Departamento Estadual para Controle de Cartografia e Mapas da China ainda não havia recebido do Google o pedido para autorização do Maps no país. Caso o pedido não seja entregue até amanhã, o Maps poderá enfrentar restrições a partir do dia 1 de julho, quando o prazo da licença atual expira.

Em junho do ano passado, a China anunciou que passaria a expedir autorizações aos serviços de mapa online interessados em atuarem no país. Segundo o CNET, até o mês passado, 105 sites já haviam recebido a autorização, entre eles, Baidu, Nokia e China Mobile.


De acordo com a Bloomberg, o Google preferiu não comentar se já enviou ou não o pedido.


Sempre frágil, a relação entre Google e China sofreu outro pequeno abalo na semana passada, quando engenheiros da empresa acusaram o governo chinês de bloquear o Gmail. Antes, o Google já havia ameaçado deixar o país devido a

Paul Allen acusa Bill Gates de traição

Paul Allen acusa Bill Gates de traição

SÃO PAULO - Paul Allen acusou seu ex-parceiro de Microsoft, Bill Gates, de conspirar para reduzir sua participação na companhia antes de deixá-la em 1983.


A acusação do cofundador da Microsoft, que hoje comanda uma empresa de investimentos em Seattle, além de uma instituição filantrópica, está em um livro de memórias, cujos trechos foram publicados hoje pela revista Vanity Fair.

Na publicação, ele também acusa Gates de ter tentado comprar a sua parte na empresa por um valor irrisório: cinco dólares por ação. Uma pechincha, diz Allen, afirmando que não negociaria seus papeis por menos de US$ 10.


De acordo com Allen, Bill Gates disse que “não era justo que ele mantivesse a sua participação na empresa", acusa Allen, 58.


O ex-Microsoft também revelou ter ouvido uma conversa acalorada entre Gates e o atual CEO Steve Ballmer, em dezembro de 1982. “Eles estavam reclamando da minha baixa produtividade e discutindo como eles poderiam diluir minha participação na Microsoft e  destinar opções de ações para si mesmos e para outros acionistas. Ficou claro que eles estavam pensando sobre isso há algum tempo”, relatou Allen, de acordo com a agência Reuters.


Na época, Allen passava por tratamento por conta de um câncer. Segundo ele, mais tarde recebeu um pedido de desculpas de ambos pelo incidente.


"Embora minhas lembranças de muitos desses fatos sejam diferentes das de Paul, valorizo sua amizade e as contribuições importantes que ele fez para o mundo da tecnologia e para a Microsoft", declarou Gates, via e-mail, segundo a Reuters.


Na lista da Forbes, Allen é atualmente o 57º homem mais rico do mundo com uma fortuna calculada em US$ 13 bilhões. Gates é o segundo, com US$ 56 bilhões.

Facebook pode causar depressão em adolescentes

Facebook pode causar depressão em adolescentes
Segundo estudo, uso abusivo de rede social pode despertar cyberbullying, ansiedade e aversão ao contato social


SÃO PAULO - Adolescentes que passam muito tempo conectado ao Facebook estão sujeitos a um novo tipo de distúrbio, a “depressão Facebook”.


De acordo com o estudo “O Impacto do Uso das Redes Sociais em Crianças, Adolescentes e nas Famílias”, publicado pela Academia Americana de Pediatria, na segunda-feira, o Facebook está substituindo os encontros ocasionais da atual geração de adolescentes por interações virtuais.

Grande parte destes jovens somente interagem por meio de redes sociais e de telefones celulares”, apontou o Gwenn O´Keeffe, um dos autores do estudo.


Segundo o estudo, o uso das redes sociais sem moderação feito pelos jovens pode desencadear atos de cyberbullying, ansiedade social e isolamento severo. Combinados, esses fatores dariam origem à “depressão Facebook”.


"A aceitação e o contato com colegas é uma parte importante da vida do adolescente. Acredita-se que a intensidade do mundo online e a falta de contato com o mundo real são fatores que podem desencadear o disturbio em alguns jovens", afirma o relatório.


De acordo com o estudo, os pais precisam ficar atentos à hora quando o jovem deve desligar o computador e procurar por amigos reais. Um dos primeiros sinais seria quando o jovem deixa de cumprir outras atividades para permanecer conectado à rede social.


De acordo com as regras de segurança do Facebook, a idade mínima para criar uma conta no site é 13 anos. A rede social criada por Mark Zuckerberg em 2004 já acumula mais de 600 milhões de usuários no mundo todo.

Google Me chega para enfrentar o Facebook



Depois de oito meses de rumores, a tão esperada rede social do Google estreou nesta quarta-feira (30). Só que a arma secreta, na verdade, não passa de um botão, o +1.

O misterioso Google Me, que foi mencionado pela primeira vez no meio do ano passado, foi renomeado para Emerald Sea e terminou sendo batizado como Google +1. A rede social tinha sido avistada pela primeira vez em dezembro pelo pessoal do TechCrunch, mas a tela capturada não permitia perceber como funcionaria. Agora, tudo começa a fazer mais sentido. O +1 será, por enquanto, um botão que surgirá ao lado dos resultados de busca. A ideia do Google é tornar a pesquisa personalizada, uma vez que cada pessoa poderá ver os links recomendados pelo seu círculo de amigos.

E como é possível ativar o recurso? Primeiro, é necessário ter um perfil no Google Profiles. Espere um pouco. Perfil? Isso mesmo. Assim como as pessoas mantêm perfis em redes sociais, como Orkut e Facebook, elas passarão a ter um perfil no Google. Isso já era possível antes, mas praticamente ninguém conhecia. O botão +1 servirá como estímulo para que os internautas passem a usar o Google Profiles, conectando-se a seus contatos do Gmail, por exemplo, para compartilhar links do Google Reader, atualizações do Google Buzz, fotos em álbuns do Picasa e recomendações do +1.

Em uma segunda etapa, o botão será espalhado por outros sites, exatamente como o Curtir, do Facebook. Depois disso, o que virá? Provavelmente surgirá um meio de integrar os diferentes perfis do Google, amarrando tudo em uma rede social completa. O botão +1 também deve-se espalhar para outros serviços da empresa, como o YouTube. Quanto mais o Google conseguir enredar o usuário, pior para o Facebook. Mas será que a internet precisa de mais um botão?

terça-feira, 29 de março de 2011

Impressora 3D

Abaixo vocês podem verão um vídeo de uma impressora 3D que possibilita imprimir formas reais, como uma moto, uma escultura e inúmeros outros objetos.

LG pode anunciar Optimus com tela de 4,3 polegadas



O blog coreano Xports News divulgou uma foto e algumas especificações de mais um provável filho da linha Optimus da LG. O até então apelidado Optimus Big faz jus ao codinome por conta de sua tela nada pequena de 4,3 polegadas.

A tecnologia do painel é a NOVA, a mesma usada no Optimus Black. Quando o Black passou pelo INFOlab pudemos testar o alto índice de brilho de 700 nits.  Um processador de 1 GHz com um único núcleo é mais um item esperado no aparelho.

Outra especulação é sobre seu sistema operacional, que muito provavelmente será Android, e de um sintonizador de TV — que viria bem a calhar com esse tamanho de tela.

Como ele foi visto primeiro na Coreia do Sul, é bem provável que ele chegue primeiro por lá. Os boatos dizem que ele estará à venda em abril. O preço ainda não foi divulgado.

Deputado Tiririca ganha game no Facebook

Deputado Tiririca ganha game no Facebook
Jogo faz alusão a episódio onde alfabetização de deputado foi questionada


SÃO PAULO - O deputado federal Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), também conhecido como o palhaço Tiririca, ganhou um jogo no Facebook.


No Game do Tiririca, o personagem precisa recolher letras a fim de formar o seu nome.


No caminho, ele precisa escapar de zumbis, desviar de piranhas e de tucanos. Como arma, Tiririca arremessa laranjas. Toda vez que ele morre, aparece uma tela com o personagem vestido como os integrantes da banda Restart.


A trama faz alusão ao episódio onde Tiririca foi questionado se era alfabetizado suficientemente para assumir o cargo no legislativo após ser eleito.


O game foi desenvolvido pela agência Inquietos em parceria com o site Política para Iniciantes.

HTC anuncia Desire A para mercado brasileiro


A HTC voltou a anunciar um smartphone para o mercado brasileiro. O HTC Desire A é focado no uso de redes sociais, demanda grande dentro do nosso mercado.

O aparelho conta com o design sempre bacana dos dispositivos da HTC. No quesito técnico ele disponibilizará ao usuário uma tela de 3.2 polegadas, multitouch, com resolução de 240 X 320 pixels.

O processador do Desire A (que no exterior se chama HTC Wildfire) é de 528 MHz, para rodar um sistema Android 2.1, com HTC Sense. Não foi revelada nenhuma informação sobre um upgrade da versão do Android. A memória interna do smartphone é de 512 MB, com RAM de 384 MB e cartão microSD de 2 GB – o celular suporta cartões de até 32 GB.

O aparelho tem conectividade 3G, Wi-Fi b e g, GPS, Bluetooth e conexão microUSB. Além disso, ele apresenta uma câmera de 5 megapixels e gravação de vídeos em diversos formatos.

Na parte de interação com redes sociais, o HTC Desire A disponibiliza ao usuário algumas ferramentas como o Friend Stream, que permite que as atualizações do Facebook, Twitter e Flickr sejam todas visualizadas em um mesmo aplicativo.

Ele chega ao Brasil apenas na loja online Superfones e custa 899 reais.

Samsung anuncia Galaxy Tabs e Nexus S no Brasil

Samsung anuncia Galaxy Tabs e Nexus S no Brasil

SÃO PAULO – A Samsung confirmou que seus novos tablets e smartphones chegam ao Brasil entre maio e julho deste ano.


Entre os modelos anunciados estão os tablets Galaxy Tab 10.1 e 8.9 (junho e julho, respectivamente) e os smartphones Galaxy S II e Nexus S (em julho e maio, respectivamente).

O Galaxy Tab 10.1 custará R$ 1700 e o 8.9 ainda não tem valor estipulado, mas será de valor inferior. Ambos virão com o sistema operacional Android 3.0 (Honeycomb) embarcado. Nos Estados Unidos, esses tablets, na versão mais simples (Wi-Fi e 16GB), custam U$S 499 (10.1) e U$S 469 (8.9).


Já o smartphone Nexus S, roda a versão Android 2.3, em um hardware fabricado pela Samsung (equipado com processador Cortex A8 de 1 GHz, tela com resolução 800 x 480 pixels e 4 polegadas), chega em maio pela operadora TIM, que se encarregará em estipular os preços e a data para as vendas. Para efeito de comparação, nos Estados Unidos o aparelho desbloqueado custa U$S 530.


O smartphone Galaxy S II, possui super tela AMOLED de 4.3 polegadas, processador dual-core de 1GHz, sistema Android 2.3 (Gingerbread) e chega dia 1º de julho por cerca de R$ 1700, mas sem confirmação de quais operadoras irão comercializar o produto.


leg

Nokia abre novo processo contra Apple nos EUA

57% dos brasileiros querem um iPad, diz estudo

57% dos brasileiros querem um iPad, diz estudo

São Paulo — O iPad já é o objeto dos desejos de mais da metade dos brasileiros. Numa pesquisa feita pela empresa GfK, 57% dos entrevistados disseram ter a intenção de adquirir o tablet da Apple se o preço for acessível.


O estudo da GfK foi realizado em janeiro e ouviu mil pessoas, com idade de 18 anos ou mais, em 12 capitais brasileiras. Ele mostra que, como acontece com outros produtos de tecnologia digital, quem mais deseja o iPad são os jovens.

Na faixa etária que vai de 18 a 24 anos de idade, 67% dos participantes da pesquisa declararam ter a intenção de comprar o tablet. Essa porcentagem cai conforme a idade aumenta, chegando a 37% (um número ainda bastante alto) entre as pessoas com 55 anos ou mais.


A pesquisa indica que não há diferença significativa entre homens e mulheres no que se refere à intenção de compra. O iPad é igualmente atraente para ambos. Mas há variações regionais.

Curiosamente, o interesse é maior nas regiões Norte e Centro-Oeste, onde 65% dos habitantes consultados disseram que querem comprar um iPad. Essa taxa cai para 54% no Sudeste.


Ao menos no que se refere ao desejo de ter um iPad, as classes sociais quase se igualam. Segundo a GfK, nas classes A e B, 57% das pessoas querem o tablet. Nas classes C e D, são 55%.


Isso sugere que há espaço para a criação de produtos similares ao iPad, mas de custo mais baixo. Esses tablets econômicos poderiam ter sucesso entre consumidores com menor poder aquisitivo.

Vivo, Claro e Oi perdem mercado e TIM avança

Vivo, Claro e Oi perdem mercado e TIM avança


SÃO PAULO - A participações de mercado das operadoras de celular Vivo, Claro e Oi recuaram em fevereiro na comparação anual, enquanto a TIM avançou a mais de 25% no mês passado.


Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a Vivo, controlada pela Telefónica, encerrou fevereiro com uma participação de 29,55 por cento do mercado móvel nacional, equivalente a 61,34 milhões de acessos. Um ano antes, a fatia da empresa era de 29,93 por cento enquanto em janeiro era de 29,65 por cento.

Em comparação, a TIM praticamente divide a segunda posição no mercado brasileiro com a Claro. A empresa da Telecom Italia fechou o mês passado com participação de 25,16 por cento enquanto a Claro, da América Móvil, teve 25,47 por cento.


Um ano atrás, a TIM tinha 23,65 por cento de participação em fevereiro e a Claro, 25,50 por cento.



Na quarta posição no ranking das operadoras celulares, a Oi viu sua fatia recuar de 20,56 por cento em fevereiro de 2010 para 19,47 por cento no mês passado, segundo os dados da Anatel.


Em fevereiro, a base de linhas celulares do Brasil subiu 22 por cento em 12 meses, para 207,6 milhões de acessos. Nos dois primeiros meses do ano, a base registrou 4,6 milhões de novas habilitações.

Segundo a Anatel, o número absoluto de novas habilitações nos dois primeiros meses de 2011 foi o maior dos últimos onze anos.

Games 3D podem alavancar vendas de TVs

Games 3D podem alavancar vendas de TVs


NOVA YORK - Raheem Patterson, 35, comprou um televisor de tela plana há apenas 18 meses. Mas o personal trainer já está considerando trocar o novo aparelho por um modelo 3D.


Cinco vezes por semana, Patterson joga "Call of Duty: Black Ops" e poderia fazer isso em 3D se estivesse disposto a investir entre 500 e 5 mil dólares em um novo televisor. "Eu compraria, pelo visual melhor", disse.

Sony, Mitsubishi Electric e Samsung Electronics, entre outros fabricantes, estão esperando que Patterson não seja o único. As vendas de televisores 3D ainda não decolaram e jogadores jovens e com dinheiro para gastar em games e entretenimento têm papel crítico na criação do entusiasmo que pode popularizar um novo produto.


O setor mundial de videogames, que movimenta 60,4 bilhões de dólares ao ano, também está apostando no 3D. Os produtores de videogames estão em uma encruzilhada e querem manter a atratividade de seus produtos em um momento em que títulos mais baratos para aparelhos portáteis e games para o Facebook pressionam os lucros de suas empresas.


Em um esforço para reverter a situação, os dois setores estão apostando que os consumidores vão se divertir com jogos em três dimensões.


"Todos estamos em busca da solução mágica para o 3D, e jogos são uma forma de conteúdo que faz sentido para o 3D," disse Frank DeMartin, vice-presidente de marketing da Mitsubishi Digital Electronic America. Todos os televisores fabricados pela Mitsubishi, que se concentra em aparelhos com telas de pelo menos 73 polegadas, agora oferecem recursos 3D.


Mas talvez não haja empresa com aposta maior em 3D do que a Sony, cuja divisão de televisores vem sofrendo prejuízo há seis anos e deve divulgar nova perda no ano fiscal que se encerra em março.

Para ajudar a estimular as vendas, a Sony investiu em parcerias com a Discovery e IMAX, a fim de lançar um canal de televisão 3D 24 horas. Além disso, o console de videogames PlayStation 3 também permite jogar títulos em 3D.


"Vamos começar a ver uma adoção em massa do 3D acontecendo em 2011", afirmou o porta-voz da Sony, Dan Race. Ele acrescentou que o objetivo da companhia é ter uma "saturação ampla" de entretenimento em 3D até 2014.


Mas alguns investidores se mostram céticos. "Isso é ridículo porque não há maneira do 3D ser adotado em massa em 2011", disse Ted Pollak, que administra o EE Fund Management, um fundo de investimento focado na indústria de videogames.


Junto com outros observadores do mercado, Pollak cita o custo dos televisores 3D como obstáculo para jogadores e consumidores em geral, afirmando que "ninguém que tenha investido em TVs HD alguns anos atrás vai arrancá-los da parede" para trocá-los por modelos 3D mais caros.


Além disso, Jesse Divnich, analista da EEDAR, uma empresa de pesquisa do mercado de videogames, afirma que há apenas alguns jogos 3D para o Xbox 360 e cerca de 20 para o PlayStation 3.


Mas isso pode mudar em breve. "Call of Duty: Black Ops" foi lançado em 3D pela primeira vez e até o final de 2011, a Sony afirma que vai ter 30 jogos disponíveis em três dimensões.

Lenovo terá novo tudo-em-um



A Lenovo acaba de lançar no Japão mais um modelo tudo-em-um. O C205 tem configuração pouco acima da média, condizente com o preço sugerido pela fabricante.

O desktop tem processador de dois núcleos AMD E-350 de 1,6 GHz pareado com memória RAM DDR3 de 2 GB. O HD é de 320 GB e a placa de vídeo dedicada é uma AMD Radeon HD 6310 com 500 MHz de processamento e  suporte a DirectX 11.

O computador tem tela de LCD com 18,5 polegadas e resolução de 1366 x 768 pixels. Na parte superior do monitor fica uma webcam. Ele tem conexões Wi-Fi, cinco portas USB 2.0, uma Ethernet e portas de áudio. O PC também tem leitor de DVD e de cartões.

O C205 vem com Windows 7 Home Premium na versão de 64 bits. Ele está à venda por 50.000 ienes, preço equivalente a 612 dólares. Em sua divulgação, a Lenovo não disse nada a respeito de lançamento em outros países.

Warner vai locar mais 5 filmes pelo Facebook

Warner vai locar mais 5 filmes pelo Facebook
O filme ´A Origem´ é um dos novos cinco filmes que serão disponibilizados para locação na rede social Facebook


SÃO PAULO - A Warner Bros informou que oferecerá cinco filmes adicionais para locação no site de rede social Facebook, em um sinal da intensificação da concorrência na oferta de aluguel de filmes pela Internet.


Segundo a Warner Bros, unidade da Time Warner, serão disponibilizados os títulos "Harry Potter e a Pedra Filosofal", "Harry Potter e a Câmara Secreta", "A Origem", "Juntos pelo Acaso" e "Zé Colmeia - O Filme".

No início deste mês, a Warner Bros anunciou que disponibilizaria alguns de seus filmes no Facebook, para que clientes pagassem o aluguel usando "Facebook Credits". Até agora, a moeda virtual vinha sendo usada principalmente em jogos no site.

Criador e cofundador do Twitter volta à empresa

Criador e cofundador do Twitter volta à empresa


SÃO PAULO – Jack Dorsey, criador e cofundador do Twitter, está de volta para ocupar a presidência do microblog. A revelação foi feita hoje pelo atual CEO, Dick Costolo, via seu perfil no microblog.


De acordo com Costolo, Dorsey vai liderar, diariamente, a área de produto da companhia.

Juntamente com Biz Stone, que continua na empresa, e Evan Willians, atualmente participando de forma esporádica nas decisões da companhia, Jack Dorsey ajudou a fundar o Twitter.


Via Twitter, Dorsey afirmou que está feliz por voltar ao comando do site e que seguirá como diretor-executivo da Square, empresa de pagamentos móveis que fundou na época que se afastou do grupo.

iPad pode causar desastre ergonômico

iPad pode causar desastre ergonômico


SÃO PAULO - São conhecidos os problemas que podem vir do uso incorreto ou excessivo de computadores, como tendinites nos pulsos e dores variadas nos ombros, no pescoço e nas costas.

Agora, os especialistas começam a notar que mesmo um dispositivo sem teclado e sem mouse, como o iPad, pode provocar lesões graves no usuário.

Um dos primeiros alertas desse tipo veio de Cyndi Davis, vice-presidente da empresa americana Ergonomic Edge, especializada em ergonomia. Cyndi aponta vários problemas que podem ser causados pelo uso prolongado do tablet. O primeiro é que ele tende a forçar o pescoço, e, por causa disso, dores podem aparecer. Isso já foi notado na prática por usuários, que apelidaram o problema de "iPad neck" (pescoço de iPad).


É bom lembrar que, no caso dos computadores de mesa, recomenda-se que o monitor fique à altura dos olhos. Isso não é possível ao digitar no teclado virtual do tablet apoiado sobre a mesa. Nessa situação, a pessoa tende a manter o olhar dirigido para baixo, e, o pescoço, inclinado para a frente, o que força a musculatura da nuca. Se isso durar apenas alguns minutos, não haverá problema. Mas, depois de horas nessa posição, o pescoço começa a doer.


Teclado e suporte


Cyndi elogia o fato de a Apple vender um teclado sem fio para o iPad e um suporte (o iPad 2 Dock) para mantê-lo em pé. Mas esse suporte não oferece uma maneira prática de se ajustar a altura da tela. "É um problema já conhecido dos laptops. A Apple perdeu a chance de resolvê-lo no iPad oferecendo um suporte com altura regulável", diz ela.


Analisando fotos e vídeos de pessoas usando o iPad, os especialistas da Ergonomic Edge identificaram outros problemas posturais. Se o usuário segura o iPad com a mão esquerda enquanto toca a tela com a direita (a posição normal quando se está em pé), a hiperextensão dos dedos por longos períodos pode provocar dores.

O simples ato de segurar o tablet já traz cansaço nos braços, mãos e ombros. O peso do iPad 2 – pouco mais de 600 gramas – é mais de quatro vezes o do iPhone. Se a posição for mantida estática por um longo período, o cansaço pode se transformar em lesão. "Até Steve Jobs vai precisar de uma massagem nos ombros depois de passar muito tempo com o iPad", diz a também especialista Sue Shekut, dona da empresa Working Well, de Chicago.


Síndrome do túnel carpal - Se a pessoa apoia o tablet sobre as coxas, os pulsos tendem a ficar flexionados para cima ao digitar nele. É uma posição que pode levar ao aparecimento da chamada síndrome do túnel carpal, lesão por esforço repetitivo que chega a ser incapacitante em casos graves. Isso também acontece com os notebooks. E, ao usar o tablet na cama, são as costas que tendem a sofrer mais.


Um último problema, apontado por Cyndi Davis, é a fadiga ocular. A telinha brilhante e com cores intensas do iPad é atraente. Mas uma tela fosca seria mais amigável aos olhos. Passar muitas horas lendo ou assistindo a filmes no tablet tende a trazer desconforto e, em casos extremos, dores nos olhos.


Com base nessas observações, os especialistas fazem quatro recomendações para quem possui um tablet:



1.    Não exagere nos textos. "Se você tem um iPad, não digite nele por longos períodos", resume Cindy Davis. Usar o suporte e o teclado sem fio da Apple ajuda a reduzir a tensão no pescoço, mas não a elimina totalmente.


2.    Busque a posição mais natural e confortável possível, evitando, sempre que possível, manusear o aparelho com os pulsos flexionados demais.


3.    Ao assistir a um filme ou ler no tablet, dirija o olhar a algum objeto distante ao menos uma vez a cada dez minutos, para aliviar a fadiga ocular.


4.    Faça pausas no mínimo a cada hora. Vá dar uma voltinha antes de continuar usando o tablet.
O smartphone também fere


Smartphones também já produziram sua própria lesão por esforço repetitivo, o chamado "Blackberry thumb" (polegar de Blackberry), que afeta as articulações do polegar. Essa síndrome tende a atingir pessoas que mandam dezenas de torpedos por dia, ou que escrevem o equivalente a isso com os polegares.


As articulações dos polegares ficam doloridas e, numa etapa posterior, a dor se espalha pelas mãos. O tratamento pode envolver fisioterapia, um tempo sem teclar no smartphone e, em casos extremos, cirurgia. Mas o melhor mesmo é prevenir, evitando exagerar no uso do aparelho.

Câmera IP tem monitoramento inteligente



Avaliação
8 /10
 
6.685 reais

A câmera IP de segurança WD-SC385, da Panasonic, traz uma série de boas características. Ela grava imagens de 1 280 por 960 pixels e trabalha com zoom óptico de 18x. Outro ponto alto está no sistema de rastreamento, que permite acompanhar um objeto em movimento, girando a base. Produz também imagens panorâmicas. A WD-SC385 grava no padrão H.264, extensão MP4, mas a qualidade de gravação é inferior à de visualização. Além disso, a câmera divide os vídeos em arquivos de 10 segundos cada.

A principal característica dessa câmera, cujo objetivo é monitorar um pequeno escritório ou até mesmo uma residência (mas seu preço pode ser impeditivo), é acompanhar movimento e registrar imagens e vídeos somente quando for necessário. A câmera fica em um modo de espera, quando um objeto se move em seu raio de visão, ela passa automaticamente a segui-lo e registrar as imagens estáticas e vídeos. O usuário pode configurar a área de detecção da câmera, bem como agendar gravações e registros de imagem diários. Os alertas e relatórios podem ser enviados por e-mail, browser, gravados em um cartão SD, FTP, saída de terminal, protocolo de saída da Panasonic e notificação de detecção de faces em XML.

A interface web é bem simples e sua navegação é intuitiva. Um ponto negativo é a compatibilidade exclusiva com Internet Explorer 6 ou superior. Quando a câmera é acessada, um software deve ser instalado na máquina. O procedimento, mesmo com a necessidade do download, não chega a chatear. O menu de configurações vai na contramão da interface. A grande quantidade de opções o torna confuso. Até 14 usuários podem ser criados para acessar o painel. Para que não haja problemas de configuração, a câmera oferece 3 opções de perfil, são eles: Visualizador, Operador e Administrador.

O vídeo abaixo é um exemplo da detecção de movimento. Um ponto que consideramos negativos é a duração dos vídeos. A câmera divide as gravações em vídeos de no máximo 10 segundos. Se ela acompanhar um movimento por 1 hora, 3.600 arquivos serão criados.



A câmera é compatível com os protocolos IPv4/v6, TCP/IP, UDP/IP, HTTP, HTTPS, RTSP, RTP, RTP/RTCP, FTP, SMTP, DHCP, DNS, DDNS, NTP, SNMP, UPnP, SNMP e DHCPv6.

Um de seus trunfos é o poderoso zoom digital de 432 vezes. O zoom óptico, da própria lente, é de 18 vezes. Com esse alcance fica fácil identificar uma placa de veículo, por exemplo, ou mesmo dar um close em um rosto em um ambiente de grande extensão.

Servidores da NASA são vulneráveis a ataques

Servidores da NASA são vulneráveis a ataques


SÃO PAULO – A Agência Espacial Norte-Americana (NASA) anunciou nesta segunda-feira que seus servidores, que controlam as aeronaves, estão vulneráveis a ataques.


De acordo com a agência, os servidores utilizados pelas missões espaciais possuem vulnerabilidades que podem ser exploradas a partir da internet.

Ao todo seis servidores correm o risco de serem atacados remotamente, sendo possível controlar operações espaciais comandadas por estes computadores, que teriam acesso a senhas, códigos e informações de usuários.


O caso remete ao incidente de 2009, quando sistemas da NASA foram infectados e ao menos 3 mil conexões ilegais foram feitas a partir de países como Holanda, Estônia, China e Arábia Saudita.

No mesmo ano, 22GB de dados foram roubados das máquinas situadas no Laboratório de Propulsão de Jatos.

sábado, 26 de março de 2011

Crie animações gratuitamente pelo YouTube!

O YouTube lançou, na última quinta-feira (23/3), uma página dedicada à criação de animações com a ajuda de aplicativos integrados. O apps GoAnimate, Stupeflixe Xtranormal fizeram uma parceria com o site e exibem ferramentas online para gerar vídeos diretamente pelo canal, gratuitamente, mas com opções adicionais pagas.

Para usar os novos recursos, basta acessar YouTube.com/Create e escolher um dos três aplicativos para testar sua criatividade. Veja como no vídeo abaixo:

Já imaginou folhear um e-Book da mesma forma que um livro normal?

Page Flipper
Um grupo de pesquisadores da Universidade de Osaka, Japão, criou um aparelho que permite trazer a ilusão de estar folheando um e-Book.

O Paranga, como é chamado, é controlado por um sensor de movimento que funciona quando o famoso gesto de passar as páginas de um livro comum é feito pelo leitor. O dispositivo gira um rolo de papel nos dedos do leitor e também dá a sensação  e visual de que a pessoa está, de verdade, lendo um livro normal. Confira o funcionamento do protótipo no vídeo abaixo:



Isso acaba com o problema daqueles que não suportam tocar no vidro, frio e sem graça, para virar a página do livro, mas acaba com uma das melhores funcionalidades do e-Book: a praticidade.

Ainda não se sabe se o Paranga chegará às lojas.

Google lança revista digital

A Google lançou, na última segunda-feira (21), a Think Quarterly, uma revista online trimestral que fala sobre problemas comuns da sociedade e grandes empresas. A mídia propõe um "espaço para pensar no que está acontecendo no mundo", de acordo com o site.

Lançada pela base da companhia no Reino Unido, sem qualquer anúncio da empresa, a revista possui 68 páginas com artigos relacionados a diversas áreas, como saúde e negócios, escritos por freelancers, colaboradores e especialistas.

Ainda não se sabe se a revista será lançada em outros idiomas.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Reforço no vídeo

NVIDIA anuncia sua placa de vídeo mais rápida

NVIDIA anuncia sua placa de vídeo mais rápida

SÃO PAULO – A NVIDIA anunciou sua nova linha de placa de vídeo, considerada a mais rápida pela empresa. O modelo GTX 590 traz dois processadores gráficos e acústica antirruído.


A GTX 590 é composta por duas GPUs, baseadas na arquitetura Fermi, indicada para games e gráficos pesados.

A placa de 11 polegadas possui 6 bilhões de transistores e mais de 2.200 componentes, e combina 1024 núcleos de processamento CUDA e 3GB de memória DDR5.


Sua capacidade também impressiona. Contando com 32 mecanismos de tesselação (tesselation), ela potencializa jogos com DirectX11 em resoluções 2560 x 1600 pixels ou superiores.

Utilizando a tecnologia NVIDA SLI também é possível aumentar a performance do PC adicionando uma segunda placa GTX 590, deixando a máquina com quatro processadores gráficos.


A GTX 590 traz quatro saídas de vídeo, permitindo que até 4 monitores sejam configurados no PC. Para ambientes tridimensionais, a placa permite utilizar até 3 telas 3D com resolução de até 5760 x 1080 pixels.


A placa também conta com uma acústica para evitar ruídos, através de um sistema de resfriamento composto por duas câmeras de vapor, permitindo que o modelo seja bastante silencioso.


O preço sugerido da placa nos Estados Unidos é de U$S 699, mas a mesma estará disponível no Brasil por cerca de R$ 3 mil, através dos seguintes fabricantes de placas de vídeo: ASUS, ECS, EVGA, MSI, Point of View, Zogis e Zotac. E também pelas lojas First Place e Kabum.


MySpace perde 10 milhões de usuários em 1 mês

MySpace perde 10 milhões de usuários em 1 mês
Visual atual do MySpace; reformas no serviço não evitaram evasão de usuários


SÃO PAULO - O MySpace segue seu caminho rumo ao limbo online.


Segundo relatório da comScore, a rede social da News Corp perdeu 10 milhões de usuários entre janeiro e fevereiro deste ano, caindo de 73 para 63 milhões de usuários únicos no mundo todo. As informações são do jornal The Telegraph.



Em março do ano passado, quando o site iniciou uma série de reformas para tentar reatrair os usuários, o serviço possuía 95 milhões de clientes.

Em meio à crise, em janeiro deste ano, a News Corp anunciou a demissão de 500 funcionários - 47% do quadro do site.

Analistas apontam que a empresa possui alguns trimestres ainda para poder vender o serviço, porém, faltam interessados. O MySpace ainda tenta se recolocar no mercado como uma plataforma para a veiculação de música e entretenimento.

PlayBook irá rodar aplicativos Android

PlayBook irá rodar aplicativos Android


SÃO PAULO – Confirmando os rumores, a Research in Motion (RIM) anunciou que seu tablet PlayBook irá rodar aplicativos nativos para Android.


Porém, para que seja possível utilizar esses aplicativos será necessário instalar uma espécie de player para apps, que estará disponível para download na loja App World, da RIM.

O tocador fornecerá um ambiente fechado (espécie de sandbox, para utilização segura dos programas) para os apps BlackBerry Java e Android 2.3.


Os programas precisam constar na loja de aplicativos App World, portanto os desenvolvedores terão de reenviar os apps para a RIM, para que sejam aprovados.


Com este suporte, a RIM pretende solucionar a falta de aplicativos, um dos principais problemas para o lançamento de seu tablet.


Além disso, a empresa também irá suportar duas plataformas para jogos, a Unity e a AirPlay (da Ideaworks), e irá disponibilizar um kit para desenvolvedores, possibilitando a criação de aplicativos C/C++ para o sistema BlackBerry Tablet OS.


O Playbook terá processador de dois núcleos com 1 GHz, 1GB de memória RAM, tela de 7 polegadas e suporte a vídeos em 1080p, Flash 10.1, HTML5, câmera frontal de 3 megapixel, câmera traseira de 5 megapixel (que grava em 1080p), conectores HDMI e USB, Wi-Fi, Bluetooth, sistema operacional próprio.

O tablet será lançado dia 19 de abril e virá na versão Wi-Fi pelos valores de U$S 500 (16GB), U$S 600 (32GB) e U$S 700 (64GB).

Profissionais de TI de SP decidem greve hoje

Profissionais de TI de SP decidem greve hoje


SÃO PAULO – A possibilidade dos trabalhadores de TI em São Paulo entrarem em greve pode chegar ao fim hoje caso o sindicato patronal aceite a proposta salarial feita pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).


Às 14h, o sindicato patronal irá comunicar se aceita ou não o parecer da procuradora regional do Ministério Público do Trabalho (MPT), Laura Martins Maia de Andrade

Na última terça, em audiência com os sindicatos dos profissionais de TI e patronal, a procuradora propôs um aumento salarial de 8,6%, o que representaria um ganho real de 2,13% acima do índice da inflação medido pelo INPC/IBGE.


Também foram propostos vale-refeição de R$ 12 para jornada de trabalho de oito horas (com o acréscimo de R$ 6 nos casos de carga horária superior), obrigatoriedade de implantação de Participação em Lucros e Resultados (PLR) e a inclusão dos pisos para programadores, com valor mínimo de R$ 1,2 mil, e para analistas, com o valor a partir de R$ 1,8 mil.


O Sindpd já aceitou o acordo e ameaça parar a categoria paulista na próxima segunda, 28, caso o Seprosp (Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Serviços de Informática do Estado de São Paulo) não aceite a conciliação proposta pelo MPT/SP.

Mini-games digitalizados e gratuitos na web


Dois estudantes poloneses de design gráfico, digitalizaram 20 mini-games e os disponibilizaram na web gratuitamente.

Aleksandra e Daniel Mizielinscy, são fundadores da empresa de design Hipopotam Studio, responsável pela digitalização, disponível através do site Pica Pic.

É possível jogar os mais diversos jogos, nestes dispositivos que eram febre entre as décadas de 1980 e 1990.

Cada mini-game possui atalhos padrões no teclado, mas é possível mudá-los para o que melhor encaixar ao jogador.

Os mini-games rodam diretamente no navegador e são um ótimo e nostálgico passatempo.

Corinthians se protege e só dá a Adriano direito de faltar duas vezes

Corinthians se protege e só dá a Adriano direito de faltar duas vezes

Adriano chega ao Corinthians na próxima semana

O contrato entre Corinthians e Adriano está pronto e assinado. Não é um daqueles como os outros: tem valores altos para o padrão do futebol brasileiro e cláusulas que lembrar até a velha relação escola-aluno.

Segundo a produção dos canais ESPN apurou, a diretoria colocou algumas cláusulas no contrato com o jogador para o caso de atos de indisciplina. Em algumas escolas, até hoje é assim: uma advertência, passa. Três, acabam em expulsão. Com Adriano, é igual. Se o Imperador chegar três vezes atrasado ou faltar a um treino ou reapresentação sem uma justificativa aceita pela diretoria, seu contrato será rescindido.

Qualquer ato que atinja a imagem do Corinthians também será motivo para demissão por justa causa.

O 'Imperador' Adriano volta ao Brasil depois de pouco ter atuado pela Roma. Durante sua nova passagem pela Itália, o jogador atuou em menos de dez partidas e sofreu com lesões seguidas, a mais grave delas no ombro. Ele pediu para se recuperar no Rio de Janeiro, e em sua primeira noite na cidade foi fotografado tomando cerveja em um restaurante, o que causou grande repercussão na Europa.

Antes, no Flamengo, era comum não ver Adriano na reapresentação do elenco depois de um jogo

quinta-feira, 24 de março de 2011

Deputada americana quer arredondar o PI para 3?

Deputada americana quer arredondar o PI para 3?



SÃO PAULO – Circulou hoje na web a notícia de que a deputada americana Martha Roby elaborou uma polêmica proposta que pretende arredondar, legalmente, a constante matemática PI para 3.


O objetivo do Ato de Simplificação Geométrica, ou proposta HR 205, seria melhorar o desempenho dos jovens americanos em matemática.

Segundo informações do Huffington Post, a congressista elaborou o projeto depois que os Estados Unidos ficaram em 25º lugar em um ranking de matemática feito com jovens de 15 anos de idade. A lista da ONG francesa Organização Para Cooperação Econômica e Desenvolvimento e coloca os EUA empatados com Portugal e Irlanda. O jornal diz que Martha Roby declarou que “o valor do PI não deve ser visto necessariamente como errado, mas 3 seria bem melhor”.


O PI é a mais antiga constante matemática conhecida, já estudada na Grécia Antiga. Ele representa a razão entre a circunferência de qualquer círculo e seu diâmetro. Na escola, usamos seu valor aproximado para cálculos simples (3,14), porém sabe-se que o número pode chegar a trilhões de dígitos. O jornal afirma que a medida “apontaria o país na direção certa” pois os “jovens estão lutando com muita matemática, incluindo a geometria que incorpora o PI”. Assim, ela “garante que as notas americanas irão subir uma vez que o PI seja 3. Será muito mais fácil”.


 Eles confirmam que a notícia foi apenas uma brincadeira do jornal. 


Ainda bem - afinal, mudar o valor do Pi seria algo extremamente estranho. “A criação da ideia do PI é uma das grandes coisas que o homem conseguiu desenvolver”, explica o Professor Livre Docente Mauricio Kleinke, do Instituto de Física da Unicamp. “O fato de ele ter mais ou menos dígitos não implica que ele é mais fácil de se utilizar. O conceito de PI é mais importante do que os números.”


O professor vai além na explicação, dizendo que o problema não seria necessariamente aproximar o valor do PI em algumas casas decimais para alguns cálculos, mas sim estabelecer que seu valor é, de fato, 3. “Uma proposta dessas iria contra todos os preceitos internacionais de metrologia. Você está alterando uma constante universal. Não é por acaso que o pi  tem os números quebrados. Usar o 3 é uma aproximação grosseira, que não serve nem para trabalhar no cotidiano, no dia a dia. Um PI igual a três é como se faltasse um pedaço do pneu quando você fosse colocá-lo no carro”, diz.

Orkut tem novo visualizador de fotos

Orkut tem novo visualizador de fotos

SÃO PAULO – O Google lançou um novo visualizador de fotos para o Orkut, a rede social a mais popular do país.


Agora, as imagens podem ser vistas em tela cheia. O usuário poderá ter acesso a fotos em um tamanho grande, diz um texto no blog do Orkut.

As mudanças fazem parte de um pacote de pequenas adaptações no visual do site de relacionamento que incluem um menu à esquerda da tela para facilitar a navegação

AVG lança antivírus exclusivo para tablets



A AVG Technologies anunciou um antivírus exclusivo para tablets com Android. O lançamento ocorre meses depois da empresa ter disponibilizado um produto semelhante para celulares com o sistema operacional do Google.

O software de proteção terá uma versão gratuita e uma paga (U$ 9,00). Como os tradicionais antivírus, o AVG para tablets tem varredura de arquivos e configuração, rastreamento do aparelho pelo GPS, bloqueio remoto, backup, exclusão segura de dados (wipe), entre outros.

A AVG não confirmou a informação, mas o esperado é que o novo aplicativo tenha a interface adequada para novos formatos (resolução maior) e, claro, seja compatível com Android 3.0 Honeycomb.
Ele será liberado para download entre hoje e amanhã na Android Market.

Jovem de 18 anos cria startup de US$ 5 mi

Jovem de 18 anos cria startup de US$ 5 mi
Daniel Gross pulou a universidade para fundar uma startup de US$ 5 milhões


SÃO PAULO - Um jovem brilhante decide criar um buscador que pode chacoalhar o mundo da tecnologia. Desenvolve os códigos, atrai investidores, conquista a atenção da mídia.


Não, não estamos falando de Sergey Brin ou Larry Page, fundadores do Google. Aliás, o jovem Daniel Gross não gosta da comparação – “é como comparar maçãs e laranjas”, diz.

Para início de conversa, Daniel não tem a pretensão de “organizar toda a informação do mundo”, como Brin e Page. O Greplin, sistema de buscas pessoais que criou, tem uma missão um pouco menos ambiciosa: organizar toda a sua vida digital.


Na prática, o buscador indexa informações de todos os seus repositórios de informações pessoais, como Gmail, Twitter e Facebook, e as torna buscáveis a partir de uma única interface. Ou seja, é como um Google que vasculha apenas o seu universo pessoal.


Parece muito simples, e é – como muitas das ideias que acabam por transformar as nossas vidas –, mas é algo em que ninguém havia pensado ou feito ainda, nem mesmo o próprio Google.


E foi com essa premissa que, com apenas 18 anos de idade e sem nunca ter posto o pé na universidade (outro elemento que o diferencia dos acadêmicos Brin e Page), Daniel conseguiu levantar quase 5 milhões de dólares para investir no seu negócio em poucos meses.

Sua curta e bem-sucedida jornada como empreendedor começou cerca de um ano atrás, quando decidiu trocar o serviço militar pelo Vale do Silício.

Daniel passou a maior parte da sua vida em Israel e, tendo saído do colégio, teria que servir ao exército antes de começar os estudos universitários. Optou por um caminho alternativo. Fez as malas e partiu para São Francisco, onde fez uma entrevista para participar do Y Combinator, programa de três meses que apóia startups com capital semente, consultorias e networking.


A ideia em que trabalhava na época não fez sucesso junto à banca avaliadora, mas Paul Graham, idealizador do programa, viu potencial no jovem e convidou-o a ficar desde que concordasse em desenvolver um novo projeto.


Daniel aceitou o desafio e começou a trabalhar em novas ideias. Mas foi a apenas 48 horas do fim do programa que o Greplin surgiu. Faltavam apenas dois dias para o Demo Day, dia em que todos os participantes do Y Cobinator tem que apresentar a versão final do projeto em que trabalhavam e Daniel ainda não tinha uma.


Entre todos os produtos nos quais vinha trabalhando, foi encorajado por seu mentor a escolher não aquele que parecia mais promissor ou ousado, mas sim aquele que usaria no dia-a-dia. Com isso em mente, optou pela ideia do buscador pessoal. “Às vezes você quer procurar uma informação que você tem certeza que tem guardada em algum lugar, como o endereço de uma festa para a qual foi convidado, por exemplo, mas não sabe exatamente onde está. Foi pensando nisso que criei o Greplin”, conta.

Daniel levou um protótipo do buscador à apresentação final do programa e, finalmente, emplacou um sucesso. Incentivado pelos feedbacks positivos, começou a procurar investidores anjos para bancar o projeto ao mesmo tempo em que trabalhava para aperfeiçoar o produto tecnicamente.

Em apenas dois meses, conseguiu levantar cerca de 500 mil dólares em e ganhou um sócio: Robby Walker, apresentado a ele por um dos mentores do Y Combinator. “Precisava de alguém com mais experiência em engenharia ao meu lado”, justifica.


Assim como Daniel, Robby tem toda a pinta de garoto prodígio: entrou na faculdade aos 9 anos de idade e aos 20 já era PhD.


Sua primeira startup, criada durante sua passagem pelo Y Combinator em 2007, foi vendida a ninguém menos que o próprio gigante das buscas – sim, o Google – e tornou-se a base do que é hoje a sua ferramenta de apresentações online.


Em pouco tempo, a promissora dupla passou a ser assediada por investidores interessados em injetar ainda mais capital no negócio. Em fevereiro deste ano, apenas cinco meses após ter sido lançado, o Greplin recebeu um investimento de 4 milhões de dólares da Sequoia Capital, um dos fundos de capital de risco mais prestigiados do Vale do Silício.


O plano de Daniel para gastar o dinheiro não envolve festas, carros ou mulheres – algo que seria muito natural na sua idade –, mas sim engenheiros. “Vamos investir principalmente em trazer os melhores profissionais para o nosso time e em garantir as condições técnicas para o funcionamento do serviço, que exige uma infra-estrutura confiável”, antecipa Daniel.


Aprimorar a ferramenta, com futuras versões que possam rodar em celulares e que não dependam de conectividade para funcionar, por exemplo, é a prioridade agora.


Ir à faculdade não é algo que está nos planos de Daniel (hoje com 19 anos), pelo menos não no futuro próximo. “Todas as minhas energias estão concentradas em fazer o negócio dar certo”, assegura.

Positivo e Itautec sem impostos em Tablets

SÃO PAULO – O Ministério das Comunicações definiu que fabricantes que produzirem tablets no Brasil serão desoneradas dos impostos PIS e Cofins.


Com isto as empresas nacionais Positivo e Itautec serão as primeiras beneficiadas com a produção de tablets sem esses impostos, que atualmente representam 9,25% do valor do produto, de acordo com a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica).

Com os cortes desses impostos é possível que o valor final dos tablets fique em torno de R$ 500, que é o desejado pelo governo.


De acordo com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, esta medida irá constar na nova política industrial que deve ser anunciada até junho pelo governo.


O governo pretende assim incentivar a produção nacional de tablets, como já ocorreu com notebooks e desktops. Outras empresas, como Motorola e Apple, já sinalizaram interesse em trazer suas linhas de produção para o Brasil, também com o objetivo de gerar exportações para a América Latina.

iPhone resiste à queda de avião em pleno voo

iPhone resiste à queda de avião em pleno voo


São Paulo — O militar americano Ron Walker deixou cair seu iPhone de um avião voando a 300 metros de altura e a 240 km/h. Mais tarde, no chão, ele conseguiu localizar o aparelho, que estava funcionando perfeitamente.


Segundo conta o blog iLounge, Walker estava trabalhando numa sessão de treinamento de paraquedistas.

Sua função era identificar o terreno abaixo e avisar quando os paraquedistas deveriam saltar. Enquanto olhava pela porta aberta da aeronave, deixou cair seu iPhone, que foi parar no chão 300 metros abaixo. Ele achou que tinha perdido o smartphone para sempre.


Mais tarde, Walker contou a história aos colegas, que sugeriram a ele que tentasse usar o serviço Buscar Meu iPhone, da Apple, para localizar o aparelho. Sem muita esperança, ele tentou, e descobriu, surpreso, que o iPhone estava funcionando.


O aparelho estava protegido apenas por uma capinha comum, de plástico. Mas ele caiu sobre uma floresta de pinheiros, cujos galhos amorteceram a queda. Foi recuperado praticamente sem danos.

Asus lança linha de roteadores sem fio


A Asus apresentou sua nova linha de produtos que serão vendidos no mercado brasileiro. São roteadores, sendo que o carro-chefe da linha é o modelo RT-N56U, que, segundo a empresa, além de design inovador, também surpreende pelo ótimo desempenho.

O roteador tem a funcionalidade dual band, que permite que ele opere, simultaneamente, nas frequências de 2.4 e 5 GHz, com velocidade de até 300 Mbps em cada uma. O que faz com que o uso de uma frequência não interfira no desempenho da outra.

Na parte lateral do equipamento, o usuário conta com quatro portas LAN e uma WAN. Além delas, ainda são encontradas duas portas USB, onde podem ser conectados dispositivos tais como HDs externos, impressoras, entre outros, que passam a funcionar para toda a rede.

Um ponto alto para usuários com menos prática é a facilidade de uso. Basta conectar o roteador para que a interface gráfica do aparelho identifique e faça uma conexão básica com a internet. Ajustes mais avançados na configuração e definição de senhas, entre outras opções, são realizados pela mesma interface.

O produto ainda está aguardando homologação da Anatel para ter suas vendas iniciadas no Brasil. Espera-se que em meados de maio o produto já esteja nas lojas. O preço sugerido pela Asus pelo RT-N56U é de 499 reais

Multilaser lança caixa de som 4 em 1


A Multilaser apresentou uma nova caixa de som, a Music Bass 2.1. As caixas são chamadas de 4 em 1 pela empresa, devido às diversas funcionalidades que o aparelho apresenta.

Entre as utilidades do aparelho, estão sintonizar rádio FM, reproduzir arquivos gravados em cartões SD e dispositivos USB, além de, por meio de uma entrada auxiliar,  amplificar sons reproduzidos em computadores, notebooks e smartphones, entre outros.

Ele oferece uma potência de 20 W RMS para o usuário. O aparelho é constituído por um subwoofer – que tem 10W – e duas caixas satélite – que têm 5W de potência cada uma.

O modelo está disponível apenas na cor preta, como na foto acima, e tem preço sugerido de 169,90 reais

iPad 2 chega a mais 25 países amanhã

iPad 2 chega a mais 25 países amanhã

O Chrome OS não está morto (ainda)



O sistema operacional Chrome OS, do Google, deve ressurgir neste ano em netbooks com preço inferior a US$ 250 ou em tablets. Ou nos dois.

Surgiram rumores de que a Asus, em parceria com a Intel, prepara para junho um netbook ultrabarato (entre US$ 200 e US$ 250), que pode vir com o Chrome OS ou com Android Honeycomb. A notícia saiu no site Digitimes, que obteve a informação por meio de uma fonte ligada a fabricantes de componentes. Isso levaria o produto da Asus a evitar uma competição com os tablets, cujo preço é geralmente superior a US$ 400. Ainda não se sabe qual seria a configuração desses aparelhos.

Outra suspeita relacionada ao Chrome OS surgiu nesta semana. A versão 12 do Google Chrome ganhou um recurso experimental bastante sugestivo. A Nova Aba, que traz a relação dos aplicativos web instalados e a lista dos sites mais visitados, foi reformulada. A interface ficou bastante parecida com a de um tablet, com a possibilidade de desinstalar aplicativos arrastando-os para uma lixeira. Também dá para organizá-los em telas separadas, que seriam roladas com os dedos. A nova versão pode ser ativada digitando-se about:flags na barra de endereços do Chromium 12 ou do Chrome Canary Build 12.

Pode surgir um tablet barato com o Chrome OS, o que seria uma forma de fazer o sistema decolar. Os preços elevados do iPad 2 e dos concorrentes com Android Honeycomb, que vão chegar às lojas em breve, ainda são uma barreira que o Chrome OS conseguiria quebrar. Mas, se o Google insistir nos netbooks, pode se dar mal – as vendas têm despencado, em parte justamente por culpa dos tablets. Caso a iniciativa dê certo, quem tem mais a perder? O Windows, claro.

Comentário Pessoal:
 Creio que a ideia do Google é apenas fazer testes de aprovação de usuários, por enquanto de produtos acessíveis a todos, como vimos em outras postagens o Chrome OS é um sistema baseado em nuvens, então é um sistema que não consome tantos dados do HD, o netbook seria indicado justamente por ser um periférico com poucos recursos de hardware.

Vocês aprovam ou não?
Deixe seu comentário.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Filmadora ultraleve grava em HD


Olhando a primeira foto do post é possível até ser enganado. Mas a MAME-CAM DX é uma filmadora um pouquinho diferente do convencional. Ela pesa apenas 14 g. Mas tamanho não é documento, e a pequenina da japonesa Thanko é prova disso.

Ela é capaz de filmar em alta resolução, mais precisamente em 1280 x 960 pixels, em formato AVI. Além dos vídeos, ela também é capaz de fazer fotos, todas em formato JPEG, em até 3264 x 2448 pixels.

Para armazenar todo esse conteúdo, o dispositivo tem entrada para cartões microSD/SDHC, com um máximo de 32GB por cartão. Para transferir o conteúdo, a MAME-CAM DX ainda tem uma porta USB 2.0.

O equipamento já está à venda no Japão e custa aproximadamente 99 dólares.

Sony revela filmadora com lente intercambiável


A Sony lançou uma nova câmera de vídeo de mão profissional com lentes intercambiáveis. A Sony NEX-FS100 é uma versão desenvolvida da câmera NEX-VG10, que já possibilitava e troca de lentes, mas para um público amador.

A câmera tem um sensor CMOS que é equivalente em tamanho a um filme Super 35mm e permite gravações full HD em AVCHD, no tamanho de 1920 X 1080 pixels. Segundo a Sony, o sensor é novo e deve apresentar um ótimo desempenho de captura de luz e gravação.

A lente padrão que acompanha a câmera é uma Sony E-Mount de 18 a 200 mm, com abertura f3.5-6.3, foco automático e estabilizador de imagem. A filmadora suporta gravação em câmera lenta em full HD em até 50 fps.

A construção da câmera é toda modular, o que permite que componentes como a alça, o LCD de 3,5 polegadas, entre outros, possam ser destacados e reposicionados.

A câmera tem previsão de lançamento para julho deste ano, nos Estados Unidos. O preço inicial divulgado é de 6.550 dólares.

Homem por trás do Mac deixa a Apple

Homem por trás do Mac deixa a Apple
Apple perde Bertrand Serlet, vice-presidente sênior de engenharia de software


SÃO PAULO - A Apple anunciou hoje a saída de Bertrand Serlet, vice-presidente sênior de engenharia de software, responsável por comandar os negócios envolvendo o sistema operacional Mac.


Serlet trabalhou com Steve Jobs durante 22 anos, juntando-se a ele na empresa NeXT, em 1989, que acabaria comprada pela Apple. Serlet ajudou a desenvolver OS X, software que roda em todos os Macs.

Pela experiência que tinha na Apple, Serlet chegou a ser cogitado como um possível sucessor de Steve Jobs há alguns anos.


Apesar disso, a saída de Serlet não chega a causar nenhum trauma para a Apple, uma vez que a prioridade da companhia é o iOS, sistema de suas joias iPhone e iPad, claramente bem mais importante para o negócio da empresa do que o software Mac.


“A partir de agora, quero focar menos em produtos e mais em ciência”, disse Serlet, no comunicado da Apple.


Craig Federighi, que ocupa atualmente o cargo de vice-presidente da equipe de engenharia do Mac OS X, ocupará a vaga de Serlet.

terça-feira, 22 de março de 2011

Samsung anuncia dois novos Galaxy Tabs

Samsung anuncia dois novos Galaxy Tabs
SÃO PAULO – Em evento realizado hoje nos Estados Unidos, a Samsung anunciou dois novos modelos de tablet, o Galaxy Tab 10.1 e o Galaxy Tab 8.9.


O Galaxy Tab 10.1 e o 8.9 possuem tela WXGA com 10.1 polegadas e 8.9 polegadas, respectivamente, e ambos com resolução de 1280 x 800 pixels.

O tablet Galaxy Tab 10.1 já havia sido apresentado pela empresa durante a MWC, em Barcelona, no início do ano. Mas a Samsung fez algumas modificações no hardware e no interior do aparelho para seu lançamento oficial.


As dimensões também são um ponto forte dos novos tablets. O modelo 10.1 pesa apenas 595 gramas e o 8.9 pesa 450 gramas. Eles também possuem espessura idêntica, com 0,83 centímetros, superando a finura do iPad 2, que possui 0,86 centímetros.


Os dois tablets possuem slot para cartão microSD e SIM (embora haverá versões Wi-Fi), jack 3.5mm para fone de ouvido, câmera traseira de 3MP com flash LED e câmera frontal de 2MP para videochamadas.

Os dois modelos terão suporte a rede HSPA+ de 21Mbps, processador dual-core 1GHz, que devem ser o Nvidia Tegra 2, mas a Samsung não confirmou o componente utilizado.


Os tablets virão com dupla antena Wi-Fi com velocidades entre 2.4GHz e 5GHz. Haverá também uma versão em LTE (4G) e que será lançada em breve.


A bateria dos tablets também foi alterada para suportar mais tempo de uso. O 8.9 virá com uma bateria de 6000mAH e o 10.1 terá uma célula de 6860mAH. De acordo com a Samsung, esta configuração permite até 10 horas de uso com vídeos e 6 horas em conversas de voz.


Os novos tablets virão com o sistema operacional Android 3.0 (Honeycomb) embarcado. Com isto a Samsung também aposta em aplicativos próprios que tirem proveito da interface gráfica do sistema, como a ferramenta de personalização TouchWiz UX.


Inicialmente a Samsung irá comercializar as versões Wi-Fi. O modelo 10.1 será vendido a partir de 8 de junho por U$S 499 (16GB) e U$S 599 (32GB). Já o Galaxy Tab 8.9 custará U$S 469 (16GB) e U$S 569 (32GB) e chegará somente no final do ano. Todas as datas e valores mencionam apenas os Estados Unidos, mas a Samsung pretende anunciar os lançamentos mundiais em breve.

PlayBook será lançado dia 19 de abril

PlayBook será lançado dia 19 de abril


SÃO PAULO – A Research in Motion (RIM) disponibilizou hoje a pré-venda do seu tablet PlayBook, que terá as vendas oficiais inicializadas a partir de 19 de abril.


O tablet virá na versão Wi-Fi pelos valores de U$S 500 (16GB), U$S 600 (32GB) e U$S 700 (64GB). Haverá também opções nas versões LTE e HSPA+, mas a RIM não confirmou datas e preços.

A pré-venda pela Best Buy, para usuários dos Estados Unidos e Canadá, oferece apenas a versão 16GB Wi-Fi, mas outros modelos e lojas como a Staples, Office Depot e RadioShack, AT&T, Sprint e Verizon também serão disponibilizados em breve.


O Playbook terá processador de dois núcleos com 1 GHz, 1GB de memória RAM, tela de 7 polegadas e suporte a vídeos em 1080p, Flash 10.1, HTML5, câmera frontal de 3 megapixel, câmera traseira de 5 megapixel (que grava em 1080p), conectores HDMI e USB, Wi-Fi, Bluetooth, sistema operacional próprio.

Onde estão os líderes do Google no Brasil?

Onde estão os líderes do Google no Brasil?
Alexandre Hohagen, ex-presidente do Google para a América Latina: assim como ele, outros 200 trocaram a empresa pelo Facebook


SÃO PAULO - O colorido ambiente de trabalho do Google — com mesas de bilhar, pufes e outros apetrechos já conhecidos — estaria perdendo seu poder de atração de jovens talentosos e promissores?


Desde a criação do Facebook, em 2004, estima-se que pelo menos 200 profissionais tenham trocado os pufes do Google por um emprego na companhia de Mark Zuckerberg — boa parte deles no ano passado.

O fantasma de empresas de internet como Twitter e LinkedIn também já é visto rondando o quintal do Googleplex, sede mundial da companhia em Mountain View, na Califórnia.


Dias atrás, o fantasma da concorrência por talentos tomou forma na unidade brasileira do Google. O executivo Alexandre Hohagen, vice-presidente da operação na América Latina, anunciou sua partida para o Facebook depois de seis anos no Google.


A saída de Hohagen abriu não o primeiro, mas o segundo buraco no alto escalão da companhia na região. Em setembro do ano passado, o então diretor-geral do Google no Brasil, Alex Dias, pediu demissão para assumir a presidência do grupo de educação Anhanguera. Passados seis meses, ninguém o havia substituído.


Como pode uma empresa como o Google, famosa por seu poder de atração de gente brilhante, demorar tanto para reagir diante de tais situações? A pergunta intrigou o mercado durante semanas. “É uma surpresa ver a dificuldade de uma empresa de tanto destaque em preencher um cargo tão importante”, diz Michael Nicklas, diretor do fundo de investimento Ideiasnet, especializado na área de tecnologia.


Uma semana após a saída de Hohagen, o anúncio de um novo nome para o cargo de diretor da operação no Brasil, o executivo Fábio Coelho, ex-presidente do site iG, acalmou os ânimos. Mas foi insuficiente para dissolver certa sensação de falta de atenção com os rumos da unidade brasileira.

Mais do que causar má impressão em clientes e outros representantes do mercado, a demora para repor o diretor-geral e a saída de Hohagen expuseram uma ineficiência nos processos de sucessão do Google no país.

“O vazio mostrou que eles não prepararam ninguém”, diz Betania Tanure, consultora em gestão de empresas. Logo que Alex Dias deixou a companhia, em setembro, o Google Brasil passou três meses procurando internamente alguém que pudesse ocupar sua posição.


A busca deu em nada. A solução foi procurar um profissional do mercado, processo que levou outros três meses até a contratação de Coelho. Além da presidência do iG, o executivo teve passagens pela AT&T nos Estados Unidos e pelo Citibank no Brasil. Até o fechamento desta edição, não havia um nome para ocupar o lugar de Hohagen.


A operação brasileira é tida pela matriz do Google como uma das mais promissoras do mundo. No ano passado, seu faturamento cresceu 80% — a média mundial, no mesmo período, foi de 24%. Os brasileiros são recordistas em tempo de navegação online.


São também adeptos fervorosos da rede social Orkut, que conta com mais de 33 milhões de usuários ativos no país (só aqui o Orkut ainda supera o Facebook, que tem 15 milhões de usuários brasileiros). O discurso oficial trata a demora para lidar com as admissões como algo perfeitamente normal.


“Não temos pressa para contratar porque procuramos os melhores cérebros”, afirma Dennis Woodside, vice-presidente do Google para as Américas. De um funcionário do Google espera-se um comportamento exemplar — alguém que escolha trabalhar lá porque ama a empresa e tudo o que ela representa. Mas esse é um discurso que parece convencer cada vez menos gente. E não só no Brasil.


A primeira grande perda da matriz foi em 2008, com a saída de Sheryl Sandberg, hoje diretora de operações do Facebook e um dos braços direitos de Zuckerberg.

Ex-funcionários do Google representam hoje cerca de 10% da mão de obra do Facebook — a despeito de seus esforços crescentes para manter talentos.

Em novembro, o Tech Crunch, um dos maiores sites de tecnologia do mundo, expôs um caso em que o Google teria oferecido 3,5 milhões de dólares a um executivo para que recusasse uma proposta de emprego no Facebook. No mesmo mês, veio a público um comunicado interno anunciando a todos os funcionários um aumento de 10% e bônus de 1.000 dólares para as festas de fim de ano.


Em todo o mundo, o Google é vítima de um fenômeno que vem se tornando comum no mercado de internet: a moda. O próprio Google, em sua curta trajetória de vida, exerceu um fascínio sem precedentes no setor.

Fundado em fins dos anos 90, em pouco tempo se firmou como líder global no mercado de buscas. Virou verbo. Consagrou-se como uma das melhores empresas para trabalhar e criou uma cultura de inovação copiada em todo o mundo.


Em termos de imagem, os tempos áureos, assim como já ocorreu com a Microsoft ou com a IBM, podem estar ficando para trás. E por motivos alheios à sua capacidade de inovação ou de manter-se relevante. O apelo agora está nas mãos de empresas mais jovens, como o Twitter e, claro, o Facebook. A rede social tornou-se mais sexy e desafiadora que qualquer outra companhia do setor.


Agora, são os detalhes da vida pessoal e o modo de pensar de gente como Zuckerberg que aguçam a curiosidade da maioria, e é com eles que muitos almejam trabalhar.


Os profissionais, em geral jovens, também se sentem atraídos pela possibilidade de receber participação em ações nessas empresas — o IPO do Facebook, que pode sair em 2012, já foi estimado em 124 bilhões de dólares.


O Google, em contrapartida, é hoje uma empresa de capital aberto. Enfrenta agora o desafio de adaptar-se ao novo cenário e de arrumar formas de motivar e frear a migração de seus funcionários. Um desafio e tanto.


Comentário Pessoal:

Pelo que podemos constatar ou pelo menos pressupor, nos parece que o Google tem deixado brechas, ou investido pouco na área de Recursos Humanos de forma a fazer que investidores e funcionários almejem um mercado diferente.

O que deve ser feito é analisar o que as outras empresas oferecem e como contrapartida oferecer planos mais vantajosos, como diferencial no mercado.